A comunicação dentro de uma empresa é essencial para que haja um crescimento constante e para que sejam evitados problemas de planejamento. Mas, é comum que a maioria dos empresários tenha dificuldades para equilibrar o negócio nesse sentido, ou mesmo acredite que ele não seja algo realmente importante.

A verdade é que o investimento em comunicação pode ser o que irá definir o futuro da sua empresa, fazendo com que ela consiga se manter em um mercado tão competitivo.

 

E neste artigo, iremos trazer algumas dicas fundamentais para te ajudar a otimizar esse processo e entender a real relevância que ele tem para o sucesso de uma companhia. Anote aí!

Dica 1: Investimento em treinamentos

Vamos começar as dicas focando na parte vital de qualquer empresa: a sua equipe. São eles que irão trazer para o seu negócio a rentabilidade necessária e também serão eles que irão lidar diariamente com o seu cliente. Ou seja, a sua equipe deve ser devidamente treinada e, principalmente, muito motivados. Eles devem entender o propósito além do trabalho em si. E uma forma de fazer isso é investindo em cursos, palestras e treinamento  variados e de forma contínua, como palestras, reuniões de networking, entre outros.

Dica 2: A tecnologia

Ainda falando sobre comunicação interna: para que ela seja de qualidade, é preciso que hajam ferramentas disponíveis para isso. E-mails, comunicados digitais, acesso à chats privados da empresa e sistema ERP online são fundamentais para ajudar os funcionários a se manterem sempre por dentro dos projetos e conversando entre si. A tecnologia está ai para nos ajudar e usá-la como aliada é uma atitude sábia.

Para isso, existem vários chats online gratuitos que permitem as empresas se comunicarem internamente com maior dinâmica que os emails, fazendo que a informações circulem com muito mais eficiência. Além disso, agenda compartilhada (do google, por exemplo) permite que os funcionários fiquem por dentro de reuniões ou trabalhos. Por fim, um ERP permite que você melhore a comunicação externa ao seu negócio. Para isso, alguns sistemas de gestão para pequenas empresas como o GestãoClick oferecem cotações online na qual você consegue analisar propostas de fornecedores, escolher a melhor para a sua empresa e fechar negócio com apenas um clique; e WEBdesk no qual você consegue se comunicar diretamente com o cliente diretamente pelo sistema.

Dica 3: Mantendo os fornecedores com o pagamento em dia

Faz parte de um processo de comunicação manter os fornecedores sempre em dia, seja no quesito pagamento ou mesmo nas entregas que eles precisam fazer. E, mais uma vez, usar um bom programa de gestão ou até planilhas que façam essa organização é fundamental. É preciso controle das obrigações de ambos, para que o relacionamento seja sempre saudável e bom para todos. Afinal, quem nos fornece matéria-prima tem um papel importante na empresa e perder um bom aliado pode ser um problema que a empresa não precisaria enfrentar.

Dica 4: Interligando os setores

Nossa quarta dica é um complemento da primeira, onde explicamos a importância dos treinamentos externos e da motivação dos funcionários. Indo além, é preciso entender que para que um colaborador se sinta parte de um projeto, ele deve estar por dentro do objetivo final que a empresa tem. E isso é possível quando há uma interligação entre os setores, seja por meio de softwares ou também através de reuniões semanais, no caso de companhias menores. O mais importante é que o dono da empresa compreenda que os moldes atuais pedem um time mais conectado e não mais a ideia hierárquica de funcionários que apenas cumprem ordens.

Dica 5: O cliente

Por último, deixamos a parte mais importante de uma empresa: o cliente. A comunicação com quem compra seus produtos e divulga a sua marca é algo que deve ser feito com muito cuidado e clareza. Uma dica essencial é pedir sempre o feedback do seu cliente, descobrindo se ele foi bem atendido e se está satisfeito com aquilo que sua empresa prestou à ele. E isso pode ser feito tanto por uma equipe especialmente criada para essa finalidade ou também utilizando tecnologias que permitam que o cliente exponha sua opinião. De qualquer forma, o feedback deve ser prioridade, pois ele é a chave para o sucesso de um negócio.

Add Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *