Patrocinar eventos é um bom negócio? Seja pequena, média ou grande empresa, todos empresários, ou profissionais de marketing que já receberam uma proposta comercial para patrocínio de eventos já se perguntaram isso. Sempre ficam no ar aquelas perguntas, “será que vale a pena o investimento? “, “como medir o retorno desse investimento? “, “o que fazer para ter o retorno com este patrocínio? “.

“ Não há dúvidas que eventos são uma das armas mais poderosas e efetivas para ativação, retenção e relacionamento com clientes e/ou potenciais clientes. “

Conhecendo os dois lados da moeda, como organizador de eventos e profissional de marketing, aprendi que dois fatores devem ser bem definidas quando se discute o patrocínio a qualquer evento:

  1. Quais são os indicadores (KPIs);
  2. O que fazer para que estes indicadores sejam alcançados (planejamento).

Tendo uma clara visão do que isto significa, você poderá analisar com mais clareza as opções e estará apto a tomar uma decisão mais assertiva.

“ O organizador de eventos, mas do que um prestador de serviço é um parceiro essencial que deve estar comprometido com o sucesso dos seus patrocinadores. ”

Antes de detalhar esses fatores, faço questão de afirmar que o organizador de eventos deve ser, antes de mais nada, um parceiro da sua empresa, pois por maior que seja o evento, há (pelo menos acredito que deva haver) flexibilidade para patrocínios customizados, que poderão trazer mais retorno ao patrocinador e, ao mesmo tempo, para os participantes do evento, que são os principais envolvidos e beneficiados (ou prejudicados) com qualquer ação. Parceria, flexibilidade e foco na experiência dos participantes do evento devem nortear essa relação e negociação entre patrocinador e organizador de eventos.

“ Independentemente do tipo do evento, os objetivos da empresa devem estar focados em oferecer uma experiência memorável para os participantes do evento. A satisfação deles deve estar em primeiro plano, caso contrário todos os seus esforços e investimento em marketing e comunicação irão por água abaixo. ”

Dito isso, vamos falar sobre Indicadores e Planejamento para empresas patrocinadores de eventos.

INDICADORES (KPIs): Não apenas em eventos, mas em qualquer ação de marketing ou comunicação você deve definir o que se espera do evento, mas do que uma meta, os indicadores são aqueles fatores que formam, definem e medem o resultado de uma meta. Por exemplo, você pode ter como meta: Aumentar as Vendas, Exposição da Marca, Aumento de Engajamento nos Perfis das Redes Sociais da empresa, etc. Ok, mas como você sabe se aquelas metas foram alcançadas? Aí que entram os indicadores (KPIs). Por exemplo, indicadores para aumento de vendas podem ser a geração de contatos durante o evento, ou reuniões de negócios durante o evento. No caso da exposição da marca, possíveis indicadores podem ser quantas pessoas entraram no seu estande ou quantas viram o seu anúncio no aplicativo do evento. O aumento do engajamento nas redes sociais pode ter indicadores como alcance de posts, novos fãs ou curtidas e comentários em posts. Estes são apenas alguns exemplos de indicadores que existem e devem ser definidos quais e como serão coletados antes de fechar cotas de patrocínio para eventos.

 “ Patrocinar eventos é muito mais do que colocar a sua marca na divulgação do evento, na verdade essa deveria ser a sua última preocupação ao patrocinar um evento. ”

PLANEJAMENTO: Agora que os indicadores já estão definidos fica mais fácil fazer um planejamento de como ativar a sua marca como patrocinador em um evento. Você já sabe o que quer, já sabe o que precisa para isso, agora é hora de desenhar o seu plano para tirar o melhor proveito do seu investimento como patrocinador de eventos. Para ter sucesso, ter retorno sobre o seu investimento (ROI) você precisa fazer a sua marca estar realmente presente no evento, de forma humanizada, engajada e interativa. Invista seus esforços e verba de marketing em mais do que em um estande bem decorado, mas em uma experiência da sua marca com os participantes daquele evento. Seja criativo, prepare bem a sua equipe de vendas e marketing para o dia do evento e utilize a tecnologia a seu favor para conversar, convidar, perguntar e envolvê-los com a sua marca. Dessa forma, você terá ajudado o evento a ser algo memorável para os participantes e, com certeza, a sua marca os terá marcado de alguma forma. Ah, não esqueça de planejar o pós-evento, que é uma importante etapa desse processo, pois normalmente é nela que você poderá transformar aqueles participantes em clientes ou, caso já eram clientes, fidelizá-los ainda mais.

Agora que você já sabe o que quer, já sabe como quer e como fazer, é importante analisar a estrutura oferecida pelo organizador do evento para a coleta das informações necessárias. Haverá internet no local? Quais recursos tecnológicos serão oferecidos? Qual a flexibilidade para uma ação promocional diferenciada? Lembre-se que todo esse relacionamento é uma estrada de mão-dupla e que deve haver flexibilidade de ambos os lados, seja como organizador ou como patrocinador, só assim, evento e patrocinadores terão pleno sucesso.

E agora, convencido que patrocinar eventos é um bom negócio? Pronto para patrocinar o próximo evento?

Ney Lins é um profissional de Marketing e Eventos e Autor Best-seller na Amazon Brasil. Especializado em Mídias Digitais, Experiência do Cliente, Estratégias de Posicionamento de Marca e Comportamento do Consumidor, Ney planejou, desenvolveu, executou e entregou resultados bem-sucedidos ao longo de mais de 14 anos de experiência em diversos países na América Latina, Europa e América do Norte.

1 Comentário

  • Claudete Posted 21 de setembro de 2017 10:18

    Adorei sua abordagem clara, objetiva, repleta de dicas para ter sucesso em patrocínios. Parabéns e sucesso, Ney!

Add Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *